O e-commerce é uma modalidade de comércio feito através da internet, por meio de uma plataforma que realiza transações financeiras. Essa atividade cresce a cada ano, mudando completamente o funcionamento de muitos negócios.

Atualmente, para comprar algum produto não há mais a necessidade de ir até a loja física. O consumidor precisa apenas de um dispositivo conectado à internet para realizar a compra.

O e-commerce muitas vezes se torna um diferencial para empresa, pois atende as necessidades dos clientes, entrega o produto de forma imediata e alcança novos consumidores. Além disso, este novo modelo de negócios permite que a empresa crie possibilidades de expandir sua loja virtual para novos mercados mais distantes.

Segundo uma pesquisa realizada pelo Facebook, 76% dos brasileiros utiliza Internet Banking (seu banco online). Com isso, a possibilidade destes usuários se tornarem consumidores é grande, pois estão cada vez mais confiantes e confortáveis para navegar e realizar transações virtuais.

Com este crescimento no e-commerce, a concorrência também aumenta. Mas para ter um bom comércio eletrônico não basta oferecer apenas produtos de qualidade e bons preços, a loja virtual precisa ser atraente, possuir certificados de segurança e ser encontrada em vários mecanismos de buscas.

Recentemente, foi realizada a Black Friday, quando as lojas fazem grandes descontos nos seus produtos ou serviços e sempre acontece na última sexta-feira do mês de Novembro. É um grande momento para os donos de lojas físicas e comércios eletrônicos, pois as vendas normalmente aumentam.

De acordo com os dados da Ebit, a Black Friday este ano gerou faturamento de R$ 2,1 bilhões no e-commerce, o que representa uma alta de 10,3% em relação ao mesmo período de 2016. O número de pedidos também cresceu 14%, de 3,30 milhões para 3,76 milhões, na comparação entre os períodos.

Agora que você leu as vantagens de ter um e-commerce e pretende abrir uma loja virtual, defina desde já suas metas de vendas, logística para entregas, formas de pagamento e a estrutura de comunicação. Se quiser alguma ajuda ou não sabe como fazer este planejamento é só nos procurar que estamos à sua disposição!

 

Lucianna Parreira

Jornalista e Responsável pelas Mídias Sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *